Papa Francisco fala que os idosos são indispensáveis na educação das crianças e dos jovens na fé

Francisco disse que devemos nos acostumar a incluir os idosos “em nossos horizontes pastorais e a considerá-los como uma das componentes vitais de nossas comunidades. A velhice não é uma doença, mas um privilégio! Os idosos podem ser protagonistas de uma pastoral evangelizadora”.

O Papa Francisco recebeu na Sala Regia, no Vaticano, nesta sexta-feira (31/01), os participantes do primeiro Congresso Internacional da Pastoral dos Idosos sobre o tema “A riqueza dos anos”.

A conferência, promovida pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, focalizou a atenção na Pastoral dos Idosos e iniciou uma reflexão sobre a presença substancial de avós nas paróquias e sociedades.

“A riqueza dos anos é riqueza das pessoas, de cada pessoa que tem muitos anos de vida, experiência e história. É o tesouro precioso que toma forma no percurso da vida de cada homem e mulher, qualquer que seja a sua origem, sua proveniência, suas condições econômicas ou sociais. A vida é um dom, e quando é longa é um privilégio, para si e para os outros”, disse o Papa em seu discurso.